Presentation: Erros e acertos que cometi ao migrar da carreira técnica para gestão

Track: Carreira e Soft-Skills

Sala: Katherine Coleman Goble Johnson

Dia da semana: Sexta feira

Nível: Iniciante

Persona: Agile Coach, Arquiteto(a), Cientista de Dados, Desenvolvedor(a) Programador(a), Desenvolvedor(a) Sênior, DevOps, Gerente de Projetos, Líder Técnico(a), Product Owner, QA, Scrum Master, UX

Apresentação em Português

Share this on:

What You’ll Learn

  • Os principais erros e acertos no processo de migração para a área de gestão;
  • O que eu teria feito diferente nesta transição;
  • Os prós e contras deste processo.

Resumo

Você já foi convidado a virar gerente? Já pensou no assunto? Já disse que isso não é pra você? Ou fica pensando se essa é a melhor forma de crescer na carreira? Cedo ou tarde, todo desenvolvedor passa por essa dúvida e, no meu caso, decidi me arriscar na carreira de gestão. Estudei teoria, passei pela gestão tática de pequenos times até chegar a CTO na ContaAzul, liderando um time de mais de 60 pessoas. Vou te contar os principais erros e acertos que tive nessa migração de desenvolvedor para gestor. Vamos juntos desmistificar esse processo e vou te ajudar a entender melhor os prós e contras. Assim você pode decidir o seu caminho, sem errar tantas vezes quanto errei.

Host: Anderson Borges

CTO na ContaAzul

Possui mais de 12 anos de experiência em Desenvolvimento de Software. É formado em Sistemas de Informação pela UDESC Joinville, Anderson foi desenvolvedor de Software por 05 anos antes de migrar para carreira de gestão, onde hoje atua como CTO na ContaAzul, liderando um time com mais de 70 profissionais. É apaixonado por automatizar tarefas rotineiras das pessoas e também por Desenvolvimento Humano, Trekking e Cerveja Artesanal.

Encontre mais informações sobre Anderson Borges em